Mandalas de Cura

 

“Sua visão se tornará clara somente quando você puder olhar para o seu próprio coração. Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, desperta.” (Carl Gustav Jung)

 

Uma técnica simples e bastante eficiente que tem por objetivo promover a liberação de nós energéticos no campo morfoenergético do cliente, tomando emprestada a linguagem lúdica das mandalas, amplamente utilizada pelo psiquiatra e psicoterapeuta suíço Carl Gustav Jung.

 

Durante a sessão, o consulente é amorosamente conduzido ao seu inconsciente para dele extrair uma ou mais memórias (geralmente de traumas). Ao final, leva para sua casa uma mandala canalizada, recebendo orientações de como proceder nos dias que se seguirão para dar continuidade a liberação energética de tais nós.